Lasers são usados para muitas finalidades, uma delas é o corte chapas de metal. Seja em aço carbono, aço inoxidável ou em chapas de alumínio, o processo de corte a laser é altamente preciso e produz excelente qualidade de corte, sendo possível obter formas muito complicadas e pequenos orifícios.
 
A palavra \"LASER\" é um acrônimo para “Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation” (amplificação de luz por emissão estimulada de radiação). Mas como é que a luz pode cortar uma chapa de metal? O feixe de laser é uma coluna de altíssima intensidade de luz de um único comprimento de onda ou cor. No caso de um laser de CO2 típico, o comprimento de onda fica na parte infravermelha do espectro da luz, de modo que é invisível ao olho humano.
 
Para o corte de metal, o feixe é de apenas cerca de 3/4 de polegada de diâmetro que se desloca a partir do ressonador de laser, que cria o feixe, e vai passando por um certo número de espelhos (ou dobradores de feixe) em diferentes direções, aumentando o tamanho do feixe antes de ele ser finalmente focado para passar pelo bico da máquina, onde fui um gás comprimido como o oxigênio ou o nitrogênio. Ao focar o feixe grande para um único pontinho, a densidade de calor naquele local é extrema e os resultados dessa alta densidade de energia (6 KWatts) em rápido aquecimento são a fusão e vaporização parcial ou completa do metal. Há muitos parâmetros que afetam a qualidade de corte, como a exatidão da distância da extremidade do bico da máquina para a placa de metal, mas, quando todos são controlados adequadamente, corte a laser é um processo de corte estável, confiável e muito preciso.
 
 
 
 
Assista ao vídeo: 
 
 

 

 

 

 

Norte Laser 2014 © Todos os direitos reservados
Facebook Google+ Twitter Youtube facebook
(81) 3314-2750 | (81) 9110-0000 | (81) 3314-2748
E-mail: contato@nortelaser.com.br